────⊰☫ Beasts of beauty

Ir em baixo

────⊰☫ Beasts of beauty

Mensagem por Geralt of Rivia em Ter 13 Fev 2018, 19:09

Ꮤiedźmin Geralt
【Gwynbleidd】

BEASTS OF BEAUTY
ALCUNHAS:
➳ White Wolf
➳ Gwynbleidd
➳ White One
➳ King-Slayer
➳ Butcher of Blaviken
➳ Ravix of Fourhorn
➳ Geralt Roger Eric du Haute-Bellegarde
➳ Sir Geralt of Rivia (nomeado cavaleiro por Meve após a Batalha da Ponte de Yaruga)
Tópico reservado para postagens do jogo com a personagem:
Esse turno se passa após a conclusão de todo o game The Witcher, incluindo suas expansões, Hearts of Stone e Blood and Wine. Ela se passa no reino de Kaedwen, onde Geralt estava de passagem, voltando de Kaer Morhen, após se reunir com seus velhos amigos no antigo lar dos witchers, Eskel e Lambert, que agora também era acompanhado pela feiticeira Keira Mertz. Os dois viviam juntos agora em suas viagens pelo mundo. Eskel continuava no caminho witcher, assim como Geralt e todos relembravam os velhos tempos e atualizavam os demais sobre suas novas aventuras. Até mesmo Letho se encontrava na fortaleza, que passou a cuidar com afinco ao lado de Vesemir, mantendo qualquer intruso bem longe de lá. Após aquele grande reencontro, Geralt seguiu seu caminho, entre um contrato e outro, como de costume, a caminho de retornar para Corvo Bianco, em Toussaint, que acabou se tornando seu lar. Geralt jamais saberia ser outra coisa se não um witcher, então esse era o caminho que abraçara não apenas por ter sido o seu Destino, mas também o seu prazer e a sua razão de viver. O fim da guerra ainda deixava profundas cicatrizes e muitos feridos, que a Drª Shani se empenhava em tratar no hospital improvisado em um acampamento militar em Kaedwen, onde seus caminhos mais uma vez prometiam se cruzar.
avatar
Geralt of Rivia
Admin

Mensagens : 183

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ────⊰☫ Beasts of beauty

Mensagem por Geralt of Rivia em Ter 13 Fev 2018, 20:10

── The Witcher ──
❝Only death can finish the fight,
everything else only interrupts the fighting.❞
Naquela noite, a respiração ofegante de cavaleiro e montaria mostrava que eles já estavam viajando há pelo menos alguns dias. A musculatura do animal em alguns momentos parecia que iria ceder ao peso de ambos e cair sobre a estrada, mas vigorosa, Roach conseguiu chegar até um lago e parou, receosa de que pudesse haver algum perigo na água. Então Geralt desceu. Ela já estava acostumada com as missões dele, então já conhecia todo tipo de criatura que poderiam encontrar e por isso era um pouco medrosa às vezes. O witcher agachou para observar as marcas que poderiam haver no solo, jogou uma pedra na água e observou sua movimentação para ser se não haveria qualquer irregularidade e ao constatar que não, entrou na água lavando o rosto para se livrar do suor e beber, assim como a égua zerrikana que estava com muita sede e passava um bom tempo em seus longos goles de água.
Assim que ambos mataram a sede, já voltaram para a estrada, pois pretendiam chegar ao vilarejo mais próximo até o anoitecer para um merecido descanso. Os primeiros raios de sol surgiam no horizonte anunciando a chegada de um novo dia. Apesar de exausto, conhecia bem os perigos da floresta, então preferia avançar um pouco mais para então descansar em segurança. Trajava uma armadura leve com algumas poucas placas de aço para não limitar demais seus movimentos. Em cores escuras, como de costume. Botas de cavalaria também reforçadas com aço e luvas de mesmo material. Um medalhão com a forma de uma cabeça de lobo adornava o pescoço, poções e equipamentos de caça o gibão e as duas espadas e a balestra as costas. Os cabelos brancos desciam até a altura dos ombros e partes dele ficavam amarradas atrás para evitar que ficassem atrapalhando sua visão durante um combate. Seus olhos... Marca registrada dos witchers, eram amarelos e sua íris tinha uma forma de fenda como a de um gato. O rosto era marcado pelas intempéries, a idade e algumas cicatrizes de batalha, que lhe conferiam uma aparência assustadora para a maioria dos humanos, que tratavam os mutantes como ele com desdém, arrogância e hipocrisia, correndo para pedir por socorro quando estavam em apuros, mas cuspindo pelo chão onde ele passava se não precisassem. Comportamentos estes que ele já estava acostumado a ver e até passou a ignorar com o tempo.
A égua zerrikana fincava os cascos ao solo mantendo um ritmo intenso de corrida. Ambos esperavam ansiosos pela próxima estalagem para se alimentarem e descansarem. Para Geralt, seria também interessante encontrar algum contrato que pague bem pelos seus serviços, o que anda muito em falta ultimamente. Com o que tem, mal consegue sustentar a montaria e seus gastos mais básicos como alimentação, equipamentos, armas e armaduras, então também precisaria procurar por outro contrato. Quando finalmente avistaram a entrada do vilarejo, os passos foram reduzidos a uma marcha apenas apressada. As crianças e os animais eram os primeiros a notar sua presença e anunciavam que era um Witcher. Os olhos amarelos em fenda e as duas espadas nas costas não lhe permitiam passar despercebido. Menos ainda os cabelos, que desde as mutações sofridas para sua transformação são brancos, o que lhe rendeu o apelido de Lobo Branco. Tinha 9 anos quando foi submetido às mutações e não se lembra de muita coisa antes disso, pois desde sempre foi criado por Vesemir, o líder da Guilda do Lobo, após ser entregue por seus pais, dos quais pouco soube.
Por essa razão, não conhece outro estilo de vida que não o de um Witcher, sempre na estrada, de contrato em contrato, protegendo aqueles que muitas vezes cospem e o praguejam. Desprezo esse, do qual já estava acostumado, pois poucos reconhecem a verdadeira natureza e importância de seu trabalho. E naquele vilarejo não foi diferente. As crianças pareciam empolgadas ao ver o Witcher passar pelas ruas, gatos eriçavam os pelos e se afastavam, mas homens e mulheres olhavam assustados, muitas vezes repreendendo suas crianças para que não olhassem para o mutante ou se aproximassem. Indiferente, Geralt seguiu até a estalagem mais próxima, deixou a égua no estábulo e seguiu até o mural, onde começou a ler os anúncios.
──── Hm. Procura-se por um homem de fé, com coragem o bastante para escoltar a Drª Shani... Shani?! ──── interrompeu a fala por um instante, surpreso com o nome que acabara de ler, afinal fazia muito tempo que não tinha contato com a médica desde a última vez em Oxenfurt quando seus caminhos se separaram ──── Hum... melhor investigar isso... e fazer uma visita. ──── falou sozinho retirando o anúncio do mural e terminando a leitura em silêncio, buscou o local onde deveria encontra-la já retornando para Roach e segurando as rédeas, voltava a falar como se conversasse com o animal ── Interessante... ela está em um acampamento hospitalar improvisado em Gwenllech. Não é muito longe daqui... vamos. ── ele então guardou o anúncio em um dos bolsos e voltou a montar no dorso da égua para seguir seu caminho, sem escutar os maldizeres e o praguejar de alguns dos moradores do vilarejo que agradeciam aos deuses por sua partida. Já estava acostumado com a ingratidão da população de todos os reinos, em Kaedwen não seria diferente.
Mais uma vez no dorso de sua montaria, Geralt seguiu em direção ao Rio das Pedras Brancas e dele em direção ao acampamento, que não demorou muito para encontrar. Ainda haviam soldados feridos das últimas batalhas daquela guerra que finalmente acabava com Ciri assumindo seu lugar como imperatriz. De longe ele avistou a médica, era impossível não reconhece-la, com os mesmos cabelos curtos e vermelhos, a mesma expressão de preocupação em seu olhar e o mesmo cuidado com cada um de seus pacientes, que pareciam gostar bastante dela.
Ele deixou sua montaria livre para pastar nas proximidades, cumprimentou alguns soldados pelo caminho e seguiu em direção a ela com o papel contendo seu anúncio na mão, mostrando a ela o que trazia consigo enquanto falava em um tom de voz descontraído.
──── Bom, talvez eu não seja um homem de fé, mas acredito ter habilidade e coragem o suficiente para escoltar a Drª Shani em qualquer viagem. ──── ele segurava o riso, caminhando em direção a ela com um sorriso sincero de felicidade por reencontrá-la ──── E já tenho um bom histórico de sucesso com o sapo gigante que aterrorizava os esgotos de Oxenfurt, então talvez seja seu melhor candidato até então. O que me diz?




GERALT OF RIVIA
| Ꮤiedźmin | The Butcher of Blaviken | Gwynbleidd | Vatt'Ghern | Ravix of Fourhorn |
❝I thought I was choosing the lesser evil. I chose the lesser evil. Lesser evil! I’m Geralt! Witcher…I’m the Butcher of Blaviken...❞
avatar
Geralt of Rivia
Admin

Mensagens : 183

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum